JEJUNO

Jejuno é o nom-de-guerre de Sara Rafael, fotógrafa e artista plástica de Lisboa que tem vindo, no último par de anos, a dar a conhecer a sua dimensão de autora sonora, inserida num universo em louvável expansão de criadoras (assim mesmo, no feminino – lembremo-nos, por exemplo, de Raw Forest, Bleid ou da compilação lançada em 2016 pela editora Labareda) que fazem dos sintetizadores digitais ou analógicos portal para uma exploração profunda de um certo psicadelismo noir tangencial às pistas de dança.  

O primeiro lançamento, homónimo, de Jejuno, também no passado ano, revela uma notável condução de impulsos e estímulos, erigindo, a partir da transmutação de uma palete sonora de monocromatismos que parecem auto-impostos, peças plenas de movimentos internos, de portos de chegada e de lançamentos eléctricos rumo ao desconhecido.

Sara Rafael – eletrónicas

+ info: facebook




Fotos de Vera Marmelo e Júlia Reis