LUIS LOPES LOVE SONG

Não é exagero considerar a guitarra de Luís Lopes como das mais idiossincráticas vozes das franjas mais experimentais e exploratórias do jazz – quer no contexto de grupos como o Humanization 4tet, ao lado de figuras como Rodrigo Amado e os irmãos Aaron e Stefan González, ou o Lisbon Berlin Trio com Robert Landfermann e Christian Lillinger, quer, e sobretudo, nos seus dilacerantes noise solos, o músico lisboeta tem vindo a dar mostras de um estilo verdadeiramente único, onde o caos e a explosão são paradoxalmente enquadrados por um controlo e uma direcção irrepreensíveis e um foco absoluto na gestão do silêncio. É talvez a partir desta última característica que surge “Love Song” – disco lançado em 2016 e que pode, porventura, ter surpreendido os mais desatentos – autêntico enigma feérico, invulgar na sua nudez e dimensão auto-reflexiva, e magistral passo em frente no percurso do guitarrista.

Luís Lopes – guitarra elétrica

.

+ info: site / Facebook


Fotos © Rorigo Amado e Vera Marmelo